83 3044 1000

João Pessoa

Olá, como você se chama?

Usucapião Extrajudicial

A Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ) publicou em dezembro de 2017 o Provimento nº 65, que estabeleceu diretrizes para o procedimento da usucapião extrajudicial nos serviços notariais e de registro de imóveis.

Tal procedimento, ainda pouco conhecido à população, é um importante instrumento capaz de facilitar a regularização de imóveis residenciais que se encontram na posse de pessoas há mais de 5 anos, a depender da área e uso do imóvel, para que os mesmos se tornem legítimos proprietários do bem, auxiliando, por consequência, o mercado imobiliário para transação de tais bens.

Para que as partes possam requerer a usucapião pela via extrajudicial, o seu pedido deverá ser acompanhado de alguns documentos elencados na lei, além de contar com a presença obrigatória de advogado, que realizará o procedimento junto ao cartório de registro de imóveis, sendo, sem dúvida, um procedimento muito mais célere e efetivo do que na esfera judicial.

Posts Relacionados

Publicações

Como prorrogar o benefício de auxílio por incapacidade temporária?

12 Agosto 2020

Por Ivla Mirelle (Advogada Associada)

Publicações

Decisão comentada: acúmulo de pensão e aposentadoria do servidor público

12 Agosto 2020

Por Nayane Ramalho (Advogada Associada)

Publicações

Tempo de salário-maternidade deve ser computado para aposentadoria

10 Agosto 2020

Por Edivanildo Nunes (Advogado Associado)

Publicações

TCU convoca servidores que acumulam pensão por morte e aposentadoria

3 Agosto 2020

Por Héllen Katherine (Advogada Associada)

Publicações

Utilização de unidades residenciais para fins comerciais em condomínios

29 Julho2020

Por Larissa Raulino (Advogada Associada)

Fale
conosco